Seja bem-vindo ao Zendaya Brasil maior e melhor fonte brasileira sobre a Zendaya. Aqui você encontrará informações sobre sua carreira, projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu acima e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Somos um fã site não-oficial e sem fins lucrativos e não possui qualquer ligação com Zendaya, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo aqui apresentado, tais como notícias, traduções e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário.
12.11

Como sabemos, recentemente Zendaya foi eleita uma das jovens mais influentes de 2015 pela renomada revista americana TIME. Além disso, a atriz e cantora também concedeu uma entrevista exclusiva para a revista, onde falou sobre diversos assuntos, como por exemplo, suas influencias, confiança com seu corpo, a polêmica com a apresentadora Giuliana Rancic e seus planos para 2016 (que inclui o seu novo álbum). Confira abaixo a entrevista completa traduzida com exclusividade pela nossa equipe.

Zendaya sobre imagem corporal, ser uma influência adolescente e como um escândalo a colocou na política.

Entrevista com uma das Adolescentes Mais Influentes de 2015, eleitas pela TIME.

TIME destacou algumas das 30 adolescentes mais influentes de 2015, com entrevistas estendidas. Hoje: A estrela do Disney Channel, de 19 anos de idade, Zendaya, que acumulou milhões de seguidores online (14.1 milhões no instagram e 6.1 milhões no twitter), particularmente porque ela não tem medo de falar sobre seu corpo e sobre padrões de beleza. Em fevereiro, ela tirou Giuliana Rancic do canal E! por zombar de seu cabelo no Oscar, durante um episódio do Fashion Police; recentemente, ela postou uma foto não-retocada de uma sessão de fotos que fez para uma revista e disse que estava “chocada” ao ver como sua cintura foi manipulada.

“Quero manter isso real, eu faço o que Zendaya faz, faço o que Zendaya se sente bem fazendo.” A atriz e cantora conta ao TIME. “As pessoas giram em torno disso. É por isso que as pessoas gostam de mim e passam um tempo olhando meu instagram. Apenas porque eu gosto de manter-me 100%”

Quem tem maior influência sobre você, em sua vida?
Eu sempre admirei pessoas como Michael Jackson e Beyoncé. Tenho amado Michael Jackson desde o minuto em que nasci. Ele é provavelmente, a pessoa mais talentosa de todos os tempos. Foi capaz de criar uma carreira incrível e provavelmente foi a maior estrela que tivemos. Também nunca escreveu ofensas em suas canções. Ele tinha um jeito positivo de fazer o que fazia. Tinha um grande amor pela arte da música e tentava fazer as pessoas se sentirem melhores através dela.
Conforme eu fui ficando mais velha, percebi que meus verdadeiros modelos são meus pais. Minha mãe é como uma heroína e meu pai é muito forte. Eu olho para minha irmã mais velha e percebo a influência que ela tem sobre mim e o quanto me faz ser uma pessoa melhor. Tendo uma família tão grande e fundamentada, percebi o quão importante é amadurecer.

É interessante você mencionar Michael Jackson sem blasfemar. Um monte de artistas que iniciam (a carreira) pelo Disney Channel, sente necessidade de fazer uma forte ruptura dessa imagem com matérias e que não são necessariamente amigáveis. Você está fazendo isso?
Não. Acho que o que venho fazendo está em uma lenta transição e permite que meus fãs cresçam comigo. Eu não tenho vergonha pelo fato de ainda estar no Disney Channel. Sou capaz de ter duas carreiras indo em caminhos diferentes. Eu sou capaz de crescer e fazer coisas incríveis para um público mais velho, e todas as crianças que estavam me assistindo quando tinham 14 anos cresceram comigo.
Os jovens têm sido tão importantes para mim. Eles têm que ter alguém que olhe por eles. Eu sou uma das pessoas que estão nessa posição e isso tornou-se meu ofício. É definitivamente uma grande responsabilidade, mas eu aceito, porque foi um ofício que foi me dado de presente. Eu não quero tirar vantagem disso, aniquilar, ou fazer isso por reconhecimento. Quando você está posto em posição de afeto real com jovens que correrão o mundo um dia, for capaz de permanecer em suas vidas jovens e fazer um impacto positivo, eu acho que é uma coisa bonita. Eu não quero ser uma dessas pessoas. Acho que é bom crescer, se expressar, ser ousado e fazer tudo. Acho também que é possível fazê-lo, sem acabar completamente um setor de sua fã-base.

Você nunca se sente como se tivesse sido forçada a estar nesse papel por outras pessoas? Eles fazem comentários sobre seu cabelo e manipulam seu corpo nas fotos…
Eu acho que sabia muito bem onde eu tinha assinado. Mas eu nunca fui forçada a fazer nada. É um presente, uma benção. Eu aceito essa responsabilidade por inteiro. Por outro lado, as pessoas falam coisas do tipo “Você sente que é um modelo para um monte de gente?” e nas palavras de Tupac Shakur, eu não me sinto como um modelo a ser seguido porque não estou interpretando um papel. Eu não estou fingindo ser alguém que não sou, na esperança de ser adorada pelas pessoas. Eu faço o que Zendaya faz, faço o que Zendaya se sente bem fazendo. Se você está fingindo ser um modelo, um dia esse papel vai romper. Você vai querer ser você mesmo, e as pessoas vão se decepcionar quando descobrirem que você não é o que mostrava ser. Apenas preserve a verdade e seja você mesmo – as pessoas giram em torno disso. É por isso que as pessoas gostam de mim e passam um tempo no meu instagram. Apenas porque eu gosto de manter-me 100% (real)”

O que você acha que é a coisa mais influente sobre você? Que influência você teve, que mais se orgulha?
Eu acho que as pessoas não entendem o poder da mídia social e dos seus telefones. Estou muito orgulhosa pelo fato de que sou capaz de utilizar pessoas que sabem meu nome, e me conhecem pelas coisas boas, seja por um simples tweet ou por um parágrafo de como algo fez eu me sentir. Não vai ser uma garota ou um garoto que vai acabar com isso, e (isso) ainda vai afetá-los de algum modo em seus caminhos. Se isso ajudar-los de forma positiva com o que estão passando, então eu fiz o meu trabalho. Nesta plataforma, eu sou capaz de trabalhar com tanta caridade, tenho sido capaz de fazer tantos projetos interessantes e trazer pessoas que doam através de seus telefones. Eu acho isso realmente legal, usar-me para promover outras coisas que não sejam apenas sobre mim.

As pessoas associam você à fala sobre questões corporais e padrões de belezas desleais. Como você se sente em ser reconhecida como uma campeã dessas causas?
É uma coisa linda. Esse é um outro papel que eu fui abençoada em ter. Agora tornei-me um porta-voz para as pessoas aceitarem e amarem a si mesmas. Todo mundo tem suas inseguranças. Até eu, tão confiante como sou. Há coisas que me deixam insegura, coisas que me preocupam. Mas eu constantemente me lembro que há um menino, uma menina ou uma mulher adulta por aí que precisa de alguém que olhe por eles. Sinto como se eu pudesse ser essa pessoa. Eu dou o meu melhor para me tornar mais forte, aprender mais sobre mim mesma e não apenas falar por falar, mas andar a pé. É mais fácil falar do que fazer. É fácil para mim escrever um parágrafo sobre imagem corporal e como todos nós deveríamos amar a nós mesmos. Não acho que isso acontece durante a noite. Eu não espero que alguém vá pra casa e sinta-se melhor consigo mesmo só porque lê os meus tweets. Não acho que apenas escrever vai mudar completamente a vida de alguém, mas eu definitivamente acho que pode desencadear uma mudança ou ser a peça que faltava do quebra-cabeça de alguém.

Alguma vez você já sentiu como se tivesse que pagar um preço por falar e expressar (sua opinião) sobre a forma como você foi “fotoshopada”? Você se preocupa com as possíveis consequências?
Sim! Sempre vão ter aquelas pessoas que dizem algo tipo “Você está sendo dramática. Você está fazendo isso por atenção!”. Essas não são pessoas com as quais me preocupo, e claramente não são as pessoas que precisam ler meus tweets. As pessoas que precisam ler meus textos ou ver o que estou dizendo, são aquelas pessoas que chegam até mim e dizem “Eu realmente gostei do que você escreveu.” Um pai chegou até mim alguns dias atrás e disse “Minha filha tem apenas 13 anos, ela está realmente auto-consciente sobre seu corpo e ela está vendo que você realmente ajudou”. São essas pessoas que significam para mim. Se você não entende, ou não leva para si, então isso não era para você. Talvez um outro dia, que eu escreva outra coisa, que irá ajudá-lo… mas isso não foi feito para você naquele momento.

Eu pensei que sua resposta aos comentários de Giuliana Rancic foi redigida de uma forma que foi, provavelmente, esclarecedora para as pessoas que não entenderam porque tinha sido ofensivo.
Claro. Essa é a esperança, de que alguém possa aprender alguma coisa. Nem todo mundo vai ler o que eu escrevo, mas isso pode ser um avanço, uma peça no quebra-cabeça, ou início de uma transição. Aquela jovem, eu não estou esperando que ela torne isso completamente mais fácil, mas de repente seus problemas de consciência sobre o seu corpo estarão acabados. Isso vai ajudá-la. Vai deixá-la dizer “Hey, eu sou a única que estava lidando com esse tipo de coisa”. Espero que isso desperte algo nela.
Quando eu faço essas coisas, eu penso em todos os meus fãs, penso em todos os homens e mulheres que se inspiram em mim, penso em meus sobrinhos e minhas sobrinhas. Se eles estão lidando com algo como isso, como eu posso expressar que não há problema em falar e usar suas palavras de uma forma positiva para que você possa alcançar as pessoas que não entendiam antes? Isso é o que eu faço.

Você sempre se preocupa se esse ofício está, na verdade, ofuscando os seus negócios?
Ao fim do dia, eu amadureço; percebo que meu propósito não é apenas ser cantora, atriz e dançarina. Acho que meu propósito nesse setor é muito mais do que lançar músicas. É uma coisa linda e eu tenho muita sorte de fazer isto. Mas, novamente, quando as pessoas começam a aprender o seu nome e quem você é, você tem responsabilidade de fazer coisas boas. Prefiro que as pessoas me conheçam pelo o ser humano que eu sou, do que pelo último trabalho em que estive.

Você e outra adolescente da nossa lista, Amanda Stenberg, têm ganhado muitos fãs por falarem sobre a interseção de padrões de beleza e raça – como uma mulher negra é zombada por um penteado, enquanto uma branca é elogiada pelo mesmo. Como você resolve esses problemas?
Quando você começa a aprender mais sobre você mesma, sobre seu passado e sobre sua origem, você aprende a apreciar e respeitar a cultura e origem das outras pessoas também. Eu sou completamente agradecida por ter pais que foram muito transparentes comigo em relação à de onde eu vim, quem eu sou. Sou muito orgulhosa em ser Afro-Americana e ter raízes africanas. Meu pai seria capaz de rastrear seu DNA. Mas há um monte de pessoas que desconhecem sua história e de onde vieram. Você pode apreciar outras pessoas e ter mais sensibilidade com outras culturas quando você tem sensibilidade com a sua própria. Eu não vou, necessariamente, resolver todos os problemas do mundo, mas eu poderia dizer que é importante conhecer a si mesmo. O único modo que se tem para poder amar as outras pessoas é realmente amando a si mesmo. Eu sei que isso soa sentimental, mas é a verdade.

Depois da Mattel ter feito uma boneca da Barbie inspirada em você, Demi Lovato fez uma crítica, sugerindo que a companhia deveria ter uma (Barbie) diferente, com algumas curvas. O que você achou disso?
Nós só podemos abordar uma coisa de cada vez. Enfrentar uma coisa, que é ter locks em uma boneca da Barbie, é um grande negócio aqui. E é um grande negócio para um monte de mulheres Afro-Americanas. Existem muitas pessoas que não têm uma barbie pelo simples fato de não existir essa sombra, ou por não existir o padrão de cabelo cacheado. Estamos enfrentando isso agora mesmo. Mas ela levantou um ponto importante. O que precisa ser abordado no futuro são tipos de corpo e imagem corporal, que as pessoas lidam diariamente – pessoas em minha família, minha mãe, minha irmã. Há tanta pressão e tantos ideais. Concordo plenamente que é algo que precisa ser tratado no futuro. Mas, como eu estava dizendo, existe outro foco nesse momento, e isso é algo que definitivamente precisa ser abordado. É um ponto muito, muito válido.

Há sempre muito pânico e mãos relatando aos adultos sobre o que os adolescentes de hoje estão fazendo – ou fazendo errado. O que você acha que é a coisa mais legal sobre as pessoas da sua idade?
A coisa mais legal sobre as pessoas da minha idade – e a mais assustadora – é que nós temos tecnologia, e podemos usá-la para muitas coisas bonitas. Não muito tempo atrás, eu estava na política, eu tinha um pontapé político ao ponto de usar a Internet para buscar vídeos de entrevistas e assistir. Isso é algo que há uns tempos atrás não era sequer uma opção. Ou você assistia na TV, ou perdia. É realmente muito legal você poder pesquisar e ter tantos modos de obter informações.
Então ao mesmo tempo, podemos usá-la para um monte de coisas negativas. Com a mídia social, vem um componente muito negativo. Vamos fazer as pessoas chorarem, e colocar os holofotes sobre as coisas erradas. Ela oferece às pessoas a liberdade de dizerem o que querem, sem terem problemas em função disto. As pessoas sentem que podem dizer coisas que nunca poderiam (dizer) pessoalmente, o que as vezes é uma coisa boa, mas pode ser prejudicial quando as pessoas não pensam nas outras pessoas que estão do outro lado da tela. É fácil excluir-se e não lembrar-se que é um ser humano como você. É ai que está o problema. Muitas pessoas nem ao menos usam suas próprias fotos no perfil. Nem sabemos com quem estamos falando; estamos falando para um ícone. É fácil para as pessoas machucarem um ao outro quando não se está cara-a-cara.

Falando sobre política, como um dos adolescentes da nossa lista que têm idade suficiente para votar, você está acompanhando a eleição? Sabe em quem vai votar?
Eu estava! Quero dizer, não sei em quem vou votar a favor, ou coisa assim. Isso é muito. Esta é a primeira vez que estou lidando e compreendendo isto. Eu só estou tentando me educar. Eu não vou fingir que por toda minha vida fui ligada à política. Eu não estive. Recentemente eu só entrei por causa de um tipo de choque – tipo wow esse é meu país, eu vivo aqui. Sou uma adulta agora e esse é o mundo que minhas crianças viverão no futuro. Você realmente começa a pensar nessas coisas quando atinge uma certa idade. Então eu tenho exigido que muitos amigos meus pesquisem para que possamos discutir. É legal para dizer “Hey, eu sei o que está acontecendo e realmente estou entendendo”. Eu não acho que entendi 100% disso, ainda tem muita coisa que estou confusa. Eu tenho tempo! Pelo menos estou começando. Eu acho que, honestamente, o que fez eu me interessar por política, e não vou mentir, foram os escândalos.

Sério?
Sim! Tipo “Espera, então nosso Fitz é o Obama, então-e-então é…” Você começa a colocar seus personagens falsos [juntamente com os reais]. Você começa a entender política.

Eu tive a mesma experiência quando comecei a assistir “The West Wing” quando era adolescente. “Essa pessoa na Casa Branca tem o mesmo trabalho que a pessoa num programa de televisão”
Exatamente! Cyrus Beene. Agora entendi. Só fez sentido.

Quais são seus planos para 2016?
Quero continuar fazendo meu programa, ser capaz de equilibrar novamente o público mais novo e o mais velho. Quero usar esse tempo para finalizar o meu álbum – está muito perto. Eu sou perfeccionista, então preciso de tempo. Definitivamente, a música será uma grande coisa. Tenho minha linha de sapatos, que estou trabalhando também. Uma porção de coisas. Contanto que eu seja capaz de continuar ajudando as pessoas jovens e as pessoas em geral com um simples tweet ou qualquer outra coisa, e contanto que eu esteja feliz… Eu ficarei bem. Meus pais sempre me dizem “O segundo plano você não quer fazer, o plano B não é o que te faz feliz, então vamos virar-nos e voltar para Oakland.


Visualizado: 119 vezes | Autor: João Almeida
continue lendo
O Zendaya Brasil é um fã site com intuito de trazer informalções aos fãs brasileiros sobre a atriz e cantora Zendaya. NÃO temos nenhum tipo de contato com a cantora, sua família, amigos e etc. O ZBR não tem nenhuma intenção de lucro. Caso pegue alguma tradução ou notícia exclusiva e reproduza em seu site, nos dê os devidos créditos.

ZENDAYA BRASIL • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D
parceiros