Para a 12ª edição do CR Fashion Book, Zendaya realizou não um ensaio fotográfico totalmente exclusivo para a revista inspirado em artistas dos anos 70, feito pelo fotógrafo Mario Serranti. Além do ensaio, a atriz e cantora também foi entrevistada pela rapper Cardi B, numa entrevista divertidíssima e super descontraída.

Na entrevista, Zendaya falou sobre seu futuro, o que espera em um garoto, quais pessoas as inspira e muito mais.

INICIO > SCANS > 2018 > CR FASHION BOOK ISSUE 12

62854954_cr-fashion-book-12-1.jpg 62854955_cr-fashion-book-12-2.jpg 62854954_cr-fashion-book-12-1.jpg 62854955_cr-fashion-book-12-2.jpg

INICIO > ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > 2018 > MARIO SORRENTI (CR FASHION BOOK ISSUE 12)

63123875_zendaya-1.jpg 63123876_zendaya-2.jpg 63123878_zendaya-3.jpg 63123879_zendaya-4.jpg

Ela tem apenas 21 anos, mas Zendaya Maree Stoermer Coleman se sente mais como uma avó de 70 anos do que uma menina ingênua que pode cantar, dançar, atuar e até mesmo ser trapezista. Aqui, a estrela multi-talentosa fala com Cardi B sobre sua natureza madura, perseguindo a felicidade e encontrando o “capuz” nela.

Cardi B: Você é tão jovem, você é um bebê. Onde você se vê em 10 anos?

Zendaya: Eu quero perseguir o que me faz feliz. E o que eu quero dizer é, não me importo com o que estou fazendo se eu adoro o que eu estou fazendo – fazendo filmes ou música. E no dia em que eu decidir que não me deixa mais feliz, vou fazer outra coisa. Eu não quero necessariamente toda a fama ou prêmios no mundo, porque isso não significa nada. Eu prefiro ser feliz do que ser misarável com todos esses elogios.

CB: Certo. Muitas pessoas pensam que apenas ganhar dinheiro e ter fama faz você ser feliz e isso não é verdade. Qual é o seu maior medo?

Z: Às vezes, como uma pessoa jovem nesta indústria, eu coloco muitoa pressão sobre mim para fazer o que é certo. Eu acho que esse é uma falha minha. Tenho tanto medo de tomar decisões erradas, mas tenho que entender que tenho apenas 21 anos. Eu não serei sempre perfeita. Você não pode deixar o medo de não ser perfeito para evitar que você faça nada. Ainda tenho muitas coisas pra fazer na minha carreira e está certo para aprender com uma situação e crescer a partir dela.

UM APELIDO COMUM PARA MIM É AVÓ, E NÃO É ESCOLHIDO, É DADO. EU TENHO O CORPO DE 21 ANOS, MAS MINHA ALMA É MUITO MAIS QUE ISSO.

CB: Para mim, você parece tão angelical. Você sabe, você é a estrela da Disney. Você parece um amor. Mas… eu sei que você é de Oakland. Minha melhor amiga é de Oakland, e ela é como um “capuz” da porra. Essa cadela é uma maldita gangster. Você acha que tem algum capuz em você?

Z: Absolutamnte, definitivamente há “capuz” em mim e nunca vai sair. É parte de quem sou, já que é parte da minha família. Ouça, nasci e cresci em Oakland, toda minha familia é de lá – várias gerações de Colemans. E eles não são dos Oakland Hills, somos os capuzes de Oakland. É algo de que tenho orgulho e tenho sorte de ser de onde sou. Minhas tias realizaram reuniões do partido das Panteras Negras no porão do andar de baixo da nossa casa. Você aprende tanta dessas experiências e dessas histórias.

CB: Quando eu fiz 21 anos, minha vida mudou. Eu estava trabalhando em clubes desde os 19, mas não consegui entrar em certos clubes e não conseguia beber. Você acabou de completar 21. A vida mudou pra você ou você já teve acesso, sabe, coisas de que pessoas de 21 anos tem acesso? [Risos]

Z: Um apelido comum pra mim é de vovó, e isso não foi escolhido, isso foi dado. Em algum lugar ao longo da linha, uma mulher de 70 anos entrou na minha alma. Eu tenho o corpo de 21 anos, mas minha alma é muito mais velha do que isso. Quanto ao meu “grande 21” ou seja o que for, não bebo, nunca tive vontade e nem quero. Não há nada de errado nisso, e eu não julgo quem faz; Eu simplesmente não me importo. Minha vida já é tão estressante. Eu realmente não quero confiar em nada para relaxar. A vovó é boa em estar em casa, assistir Netflix e relaxar com as sobrinhas que vivem a 10 minutos de distância. A vovó é muito familiar.

CB: Quando eu fiquei mais velho, o que eu procuro em uma cara definitivamente mudou. O que é que você procura num cara?

Z: O respeito é a primeira coisa, e acho que isso é diferente. Com alguém com que você está, você tem que ter uma camada de respeito, cortesia, compreensão e tolerância. Também é importante ter alguém que o faça rir. Se alguém que não pode me fazer rir, então isso é uma falta. E não é apenas um tipo de risada, tem que ser aquela que você faz xixi nas calças.

CB: Você sente que precisa de alguém que esteja na indústria? Eu costumava namorar caras que não entendiam a importância de certas coisas. Meu cara, que estava na prisão, ficava tipo: “Por que você precisa fazer outra entrevista para outra revista?”

Z: Definitivamente é útil. Há apenas certas coisas em nossas vidas que é difícil para as pessoas entenderem se elas não a vivem. Como se eu tivesse que explicar o tempo de chamada ou porque tenho que começar o glam cedo. Não estou apenas sentada o dia todo. Estou na câmera, estou filmando, estou trabalahndo, não posso ter o meu telefone. Mas isso não significa que alguém qu enão esteja na indústria não consiga entender ou não quer saber a entender.

CB: É totalmente útil porque quando costumava dizer aos caras: “Meu Deus, estou prestes a fotografar para esta revista e estou tão animada!” E eles costumavam dizer: “Ok, mas que porra é essa?”

Z: Exatamente. Você entende.

CB: Quem te inspira?

Z: É claro que meus pais e pessoas como a Michelle Obama, que eu acho incrível. São mulheres da minha vida – minha mãe, minha irmã mais velha, minhas avós e até minhas sobrinhas. Vê-las olhar pra mim me inspira para ser melhor. Estou com minha irmã todos os dias, mas acho que ela nem sabe o quão ela me inspira.

CB: Você realmente é um modelo importante paras as meninas. Você faz certas coisas que você fica tipo: “Meu Deus, se as pessoas soubessem que eu fiz aquela merda, elas não vão pensar isso!”

Z: [Risos] Eu queria ter uma resposta mais fria, mas suculenta, mas a verdade é não. Eu realmente sou muito chata, e isso me impediu de causar problemas. Eu tento ser a melhor que posso ser, de modo que, para qualquer jovem que esteja me observando, isso também os inspira a ser a melhor versão deles. Quero que outros jovens falem o que estão passando, aprendam e cresçam. Eu simplesmente fico comigo mesmo, cuidando do meu próprio negócio. As únicas vezes que eu estou sempre ativa é algo que eu possa fazer a diferença, dizer algo positivo, colocar a atenção onde precisa estar ou fazer algum tipo de ativismo que eu realmente goste. É por isso que tento salvar meus momentos.

CB: Você é tão jovem! Vá e divirta-se! Eu vou protegê-la do mundo!

Z: 21… Eu tenho muito mais vida para viver. Olha, não tenho todas as respostas, embora algumas pessoas gostam de mim.

WEBSTATUS

NOME: Zendaya Brasil
URL: zendaya.com.br
EQUIPE: João Almeida, Vinícius Falcão, Gabriel Roche, Maria Cristina,
NO AR DESDE: 16/03/2015
CONTATO: zendayabra@gmail.com

VÍDEO EM DESTAQUE


ZBR NO TWITTER



DISCLAIMER

O Zendaya Brasil é um fã site com intuito de trazer informalções aos fãs brasileiros sobre a atriz e cantora Zendaya. NÃO temos nenhum tipo de contato com a cantora, sua família, amigos e etc.