Enquanto Zendaya se prepara para voltar aos palcos em um show único em Dubai, recentemente a atriz e cantora concedeu uma entrevista para o site Gulf News, onde falou sobre diversos assuntos, dentre eles, seu novo álbum, parceria com Zayn Maik e a segunda temporada da sua nova série no Disney Channel, “K.C. Undercover“. Confira a matéria completa e traduzida pela nossa equipe abaixo:

Zendaya: Agora é hora de mudança.

Para qualquer músico em transição do pop para o R&B, o toque de Timbaland como produtor é tão bom quanto mágica.

Uma força a ser contada, Timba praticamente sozinho levou Justin Timberlake de um menino de um boy band completamente limpa para um suave, premiado e, de certa forma, artista com alma.

Então não é nenhuma surpresa que as pessoas estão animadaas para ouvir próximo álbum de Zendaya com o hitmaker.

Zendaya – uma cantora, dançarina e estrela da Disney (ela interpretou Rocky Rocky em No Ritmo em 2009* e no momento estrela como K.C. em Agente K.C. – faz 19 anos em 1 de setembro, o que explica por que ela descreve seu gosto musical recém-descoberto como “mais maduro”.

Ela lançou seu álbum de estréia com uma pegada eletropop-pesada há dois anos, em torno do mesmo tempo, ela ganhou fama por ser a celebridade mais jovem a competir no Dancing with the Stars. O álbum auto-intitulado estreou na Billboard 200, na 51ª posição, e seu primeiro single, Replay, alcançou a posição nº 40 na Billboard Hot 100.

Enquanto a jovem cantora se prepara para seu show no Dubai Summer Surprises na Central Galleria, Mall of the Emirates, na segunda-feira à noite e uma sessão de styling em Debenhams no dia anterior, ela diz ao tablóide! que seu segundo disco será completamente diferente.

“Quando eu lancei o meu primeiro álbum, eu tinha 16 anos e eu estava gravando desde os 14 e 15. Você lida com coisas nessa idade, mas você não necessariamente lida com [certas] coisas até ficar mais velho. Desta vez, eu sei do que eu estou falando um pouco mais.”

“Eu tenho muita sorte de ter pessoas como Timbaland, que acreditam nessa visão e querem fazer parte dela e uma parte de mim crescer como artista. São grandes canções, pelo menos para mim, [que] amo ouvi-las e definitivamente é o meu estilo pessoal. Eu sempre estive em nesse mundo do R&B.”

Apesar do novo som, Zendaya não pretende alienar seus fãs que estão entusiasmados sobre seu novo posso. Seus seguidores no Twitter explodiram de entusiasmo quando ela sugeriu que poderia colaborar com o ex-membro da One Direction, Zayn Malik, outra estrela pop conhecida por suas inclinações de R&B. Zendaya “favoritou” um tweet dizendo que eles deveriam trabalhar juntos, o que levou a um colapso online.

“Ele é bacana”, disse ela. “Eu só estava olhando os meus tweets, e eu curto as coisas das pessoas. Eu não sabia que [o tweet] era o que era, e então as pessoas, obviamente, ficaram animadas sobre isso. O que é legal. Ele é bacana e está mandando ver – definitivamente tentando se destacar.”

Se ela é uma fã? Ela realmente faria uma colaboração com ele? “Obviamente, sim”, repsonde Zendaya.

Não precisa pressa, apesar de tudo. A cantora não planeja inundar as pessoas com parcerias e colaborações tão em breve. Zendaya está trabalhando para ser reconhecida como um artista por conta própria.

“Não há nada gravado na pedra ou abaixo dela agora, especificamente. Eu acho que eu definitivamente quero mais recursos e colaborações, mas com algo parecido com isso, eu quero que seja o meu som. Às vezes você não pode colocar muitas pessoas, porque você ouve muito deles e não o suficiente da pessoa”, disse ela.

Sobre sua suposta ligação romântica com Malik, Zendaya diz que foi um caso de fofocas que ficou fora de controle. Logo depois de nossa entrevista e após Malik e Zendaya começarem a seguir um ao outro no Twitter, publicações ansiosas aproveitaram a oportunidade para sugerir que os dois poderiam estarem romanticamente envolvidos – especialmente quando Malik terminoucom sua noiva, Perrie Edwards. Zendaya beliscou os rumores pela raiz, tuitando que eles tinham “literalmente NUNCA se conheceram”.

Uma estrela pop que está sempre no topo dos charts que a cantora e dançarina conheceu foi Taylor Swift. Zendaya interpretou a feroz “Cut-Throat” no clipe de Bad Blood de Swift no início deste ano, ao lado de Ellie Goulding, Cara Delevingne, Gigi Hadid, Karlie Kloss, Selena Gomez e Cindy Crawford.

“Literalmente, [Taylor] apenas me mandou uma mensagem de texto e me perguntou sobre isso – Eu pensei que seria simplesmente bacana e natural fazer isso”, ela riu. “Tipo “Eu acho você é bacana, eu quero que você faça parte disso’, e eu fiquei tipo ‘ sim, quero dizer, é claro”. Foi uma grande oportunidade. Ela é muito doce, muito gentil, e muito verdadeira. [Ela] só me perguntou. Foi legal, você sabe!”

“Legal” parece ser uma boa palavra para descrever o ano que Zendaya tem tido, em geral. Ela foi anunciada como atriz convidada da segunda temporada da sitcom Black-ish. Ela se tornou a primeira artista a assinar um acordo conjunto entre Hollywood e Republic Records e ela foi indicada ao Teen Choice Awards.

Mas a estrela enfrentou o lado mais feio da indústria quando ela foi submetida a comentários racistas sobre seus dreadlocks no Oscar no início do ano. Guiliana Rancic do Fashion Police disse que o cabelo de Zendaya era “muito barroco” e que achava que ela [Zendaya] “cheirava a óleo de patchouli ou maconha”.

Zendaya respondeu com uma publicação no Instagram alertando e advertindo as personalidades do E! news contra os estereótipos “escandalosamente ofensivos”, o que levou Rancic a pedir desculpas por ultrapassar uma linha. Desde então Zendaya juntou-se às fileiras de jovens celebridades, como a atriz de 16 anos de idade de Jogos Vorazes, Amandla Stenberg, que se pronunciaram contra a apropriação cultural.

“Eu acho que agora é tempo de mudança, entende o que quero dizer?”, ela disse ao tablóide!. “Eu não estou dizendo necessariamente que somos os mais fortes, as pessoas mais impactantes que estão fazendo isso porque há um monte de pessoas que estão falando e dizendo alguma coisa. Nós somos apenas parte da voz. Nós somos apenas parte da voz maior de pessoas que, penso eu, agora estão se tornando um pouco mais conscientes socialmente, um pouco mais educadas sobre o mundo ao seu redor.”

“Eu não sei tudo”, acrescentou Zendaya. “Não pretendo saber sobre tudo. Eu tento aprender, eu tento crescer e tento compartilhar essas experiências, pelo menos nas mídias sociais, para tentar ajudar outras pessoas a aprendê-las. É a mudança. E um período e um movimento onde as pessoas estão acordando um pouco mais.”

Outra forma que ela espera fazer ondas positivas na indústria é através de seu assento na co-produção de Agente K.C. no Disney Channel. A série, que estreou em janeiro [nos EUA], apresenta Zendaya como K.C. Cooper – um gênio da tecnologia e faixa preta em caratê. Ela é uma típica adolescente, exceto a parte onde é recrutada por seus pais espiões – Craig e Kira – para trabalhar para uma agência secreta do governo, A Organização. Sem falar na sua irmã mais nova, Judy, uma robô humanóide.

“Eu quero fazer algo que seja inspirador e interessante para eles e manter essa base de fãs, ou seja lá como você a chama, adiante”, disse ela. “Desta vez, eu sou capaz de ser uma produtora na série e estar envolvida em muito mais. Isso era realmente para mim – ser capaz de fazer algo que eu posso colocar as mãos e criar o show que eu quero fazer parte”.

Seja com o show ou seu álbum, Zendaya planeja ter material novo mais do que o suficiente para sair nos próximos meses para manter seus fãs e seus quase seis milhões de seguidores no Twitter alegremente ocupados.

“Eu tenho tantas coisas diferentes à caminho – eu vou voltar a filmar a segunda temporada de Agente K.C., [eu estarei] terminando meu álbum e começar a lançar coisas, e, obviamente, viajando pelo mundo “.